LINCE

Convidada: Ana Sofia Ribeiro / LINCE
Sou música, compositora, cantora. Sou bailarina e dou aulas de dança. Ocupo-me também a desenhar e a criar em todas estas áreas.
Zona da sessão: Centro Cultural Belém.
Menina ou Moça?
Gosto de ser ambas.


Se isto fosse o teu perfil numa rede social, qual era o ‘sobre’ da Sofia?
Nunca escrevo o ‘sobre’ nas redes sociais. Aqui diria uma menina ou moça que tenta responder a questões sobre uma cidade onde tem mais o coração que o corpo.

O que andas actualmente a fazer?
Ando de corpo e alma em LINCE. É para onde tenho canalizado quase todas as minhas forças. A compor, a trabalhar para que o projecto cresça a todos os níveis. Não deixando as outras áreas de parte, continuo a dar formação e a criar em dança, e a trabalhar em imagem (fotografia, vídeo) para novas coisas que aí vêm.

Qual o projecto profissional de que te orgulhas mais?
LINCE. É sem dúvida o projecto que desenvolvi até hoje que tem mais de mim. Já o comecei a desenvolver há uns anos mas só agora achei que seria o momento certo para partilhar com todos. As músicas foram crescendo e amadurecendo comigo e finalmente senti-as e senti-me preparada para as expor. É muito pessoal e íntimo, quando assim é, temos de saber qual o momento certo. Sinto-me muito feliz por o ter feito agora.

O Rui Reininho disse um dia que, “Lisboa é uma mulher bonita e o Porto um gajo porreiro”. E tu, como é que descreves as duas cidades?
Lisboa é uma cidade de coração, onde me sinto sempre bem recebida. A energia de Lisboa é linda. É uma cidade que te abraça delicadamente, com uma luz atraente. O Porto é uma cidade misteriosa mas com uma simpatia enorme. Onde sinto mais a terra, a raiz.

O que poderia fazer mudares-te para Lisboa?
Encontrar uma casa. Ter algum projecto que me segure aí. Gostava de passar uma temporada da minha vida em Lisboa, apesar de me sentir muito bem no Porto.

Um piropo a Lisboa – aqui ainda se pode.
Não tenho ideia de ouvir um piropo em Lisboa…
(Percebi a pergunta mas estou a fugir a ela.)

Um roteiro para o dia perfeito na cidade de Lisboa?
Eu gosto de passear sozinha e descobrir ruas e espaços da cidade. Pra mim o perfeito é fazer isso. Perdermo-nos e encontrarmo-nos na Baixa de Lisboa.

Um link que valha a pena fazer um clique.
www.facebook.com/comunidadeculturarte/

Um evento ou um espectáculo imperdível.
“Sopro” de Tiago Rodrigues. Estreia dia 2 de Novembro no Teatro Nacional D. Maria II. O espetáculo teve a sua primeira estreia no festival de Avignon mas só agora se estreará em território nacional.
Ainda não o vi mas acompanho o trabalho do Tiago Rodrigues e gosto muito do que ele faz. Assim, tenho a certeza que vai valer a pena.

Um sonho a realizar em 2017? E em 2027?
Sonho para este ano é conseguir acabá-lo com esta vontade e coragem que tenho para seguir o meu caminho na música.
Daqui a dez anos espero conseguir continuar a criar, seja qual for o caminho que segui.

Três segredos sobre ti.
– Adoro astronomia. Se o meu percurso não tivesse sido tão forte artisticamente acho que poderia ter sido astrofísica.
– Gosto muito de costurar, adaptar roupas e até construir peças novas. Relaxa-me.
– Sou vegetariana. Não como animais.

Apresenta uma outra Menina ou Moça de que Lisboa vai ouvir falar.
A Carolina Amaral. É uma amiga de sempre. Uma atriz e criativa extremamente talentosa.

Qual das fotos da sessão usarias como imagem de perfil?

www.facebook.com/lincemusic/
www.youtube.com/c/LINCEmusic
www.instagram.com/lince.music

Agradecimentos: Centro Cultural de Belém.

Lisboa, Outubro 2017.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail